(Ex) dentista?!

15 outubro 2008

Achei bem legal a proposta do e-mail "Você sabia isso sobre mim?" que está rolando entre o Grupo Blogueiros. Permite que, ao responder algumas perguntas e encaminhá-las, as pessoas conheçam um pouco mais sobre você.

Você sabia que quando eu era criança (quando eu era feliz e não sabia!), adorava assistir Mundo da Lua, Rá-tim-bum e Carrossel? Que essa era minha única preocupação?! hehe... Que uma das minhas comidas favoritas é a japonesa e o bife a parmegiana? Você sabia que sou formada em Odontologia e que um dia já estive do outro lado da cadeira do dentista?!

Ontem vivenciei bem isso. Fui tirar algumas radiografias porque enncanei que um dente estava meio sensível. Fui para controlar, averiguar. Coisas de (ex) dentista.

O Sr. Técnico Cavalo não foi nem um pouco gentil quando enfiou o posicionador (não se prenda aos termos técnicos) na minha boca. Fiquei lá, indefesa, babando, segurando aquele bendito guardanapo. É nojento e a sensação é horrível quando o cara de branco, mané, fica te olhando cuspir, né?!

Fiquei nostálgica. Lembrando dos tempos como Odontopediatra. Dos meus pacientinhos que choravam, gritavam, especialistas em morder meus dedos quando eu estava distraída, que não abriam a boca, que chutavam o ar e às vezes acertavam minha cabeça.

dente

Mas, que depois, saiam do consultório me dando beijo e abraço. E que me faziam voltar pra casa mais feliz.

Dezenas de pessoas já me perguntaram:

- Renata, você não gosta mesmo de ser dentista? Não percebeu nada durante a faculdade?

Primeiro, me deixa pô! Eu também tenho o direito de errar!

Segundo, eu gosto da minha profissão e me considero privilegiada por ter tido essa experiência. E eu gostava de trabalhar. Somente comecei a pensar que talvez não fosse isso que queria fazer o resto da vida e que não necessariamente fiz a escolha 100% certa.

E não. Não percebi nada de anormal durante a faculdade. Foi uma das melhores fases da minha vida. Ponto final.

Superado o conflito interno que vivi no período de decisão, ainda é difícil me considerar uma ex-dentista. Por enquanto, sou dentista que não exerce a profissão e estudante me (re)aventurando em busca de mais sonhos e mais perspectivas.

Vejo por esse lado: pelo menos sou eu que analiso minhas próprias radiografias.

Veja por esse lado: você terá sorte se estiver na mesma festa que eu estiver. Por que? Se você beber demais, cambalear, perder o equilíbrio, cair, pagar mico e além de tudo perder um dente, estarei lá para te orientar sobre como proceder ou até mesmo fazer um reimplante de emergência!

4 comentários:

Amauri Nóbrega disse...

Olá Rê,
Como diria a minha muié, lá vai o Amauri filosofar ...
O que gostaria de dizer é que todos nós, sem exceção, temos uma razão de ser, apesar de alguns acharem que veio a esse mundo a passeio, mas cedo ou mais tarde eles também irão descobrir. Não gosto muito de ficar olhando para trás, apenas para aprender. Temos que olhar para frente e buscar essa razão ... mas como descobrir “isso”? Cada um tem a sua maneira, entretanto, acredito que temos que ter uma Missão declarada ... é isso mesmo, como as empresas tem. Ela irá guiarmos nas decisões que temos que tomar todos os dias. Um bom exercício para chegar a ela é imaginar como gostaria que fosse o meu aniversário de 80 anos. É um exercício bem legal que ajuda e muito a começar, se desejar depois lhe envio.
Rê, esse é o ponto de partida. Não sei se irá lembrar (é coisa velha ...hehehe) de uma passagem de Alice no País das Maravilhas, quando ela chega no final de uma estrada e encontra uma encruzilhada com dois caminhos, então, ela sem saber qual caminho a seguir, procura alguém para ajudá-la e encontra em cima de uma árvore um gato e se dá o seguinte diálogo.
- Gato, por favor, me ajude. Qual caminho devo seguir?
- Aonde deseja chegar? – devolve o gato afiando os bigodes.
- Não sei – responde Alice
- Então, se não sabe aonde deseja chegar, qualquer caminho serve – emenda o gato.
Bjim,
Amauri

Mami disse...

Adorei esse seu desabafo (chamemos assim!!). Acho que aí você acabou lavando sua alma junto a muita gente. E adorei o comentário do Amauri; aliás, ele entendeu tudo.
Adoro ele.
beijo filhona

Ronaldo disse...

Oi Renata!!!

Ótimo texto, legal você ter levado a idéia do nosso grupo para o seu blog.

Posso te pedir uma coisa?
Quando a gente falar do grupo em nossos blog, vamos colocar o link para que outros possam conhecer e participar tb. Pode ser?

Ficou muito bom seu template.

Pra falar bem a verdade... esse template eu tinha até separado (feito o download) pra te mandar antes de te indicar o site, mas pensei em não te induzir e deixar vc escolher sozinha... rs.

E pra minha surpresa, você teve o mesmo gosto que eu...

Ah... você ainda pode personalizar sua página de comentários para combinar com o blog.

Se quiser depois entra em contato comigo.

Bjos

Bjos

Igor Garcia disse...

RÊEEEEEEEEEEEEEEEE!!

Ficou espetacularmente fodástico o seu template!! Cheguei até a achar que tava no site errado!!

Já pensei em mudar o meu para 3 colunas, mais informação, mas tenho que mudar muita coisa no template q escolhi e não to com paciencia! ;-)

E me sinto agora protejido com um Anjo do Asfalto: quando estiver am alguma festa e eu beijar o chão, vou ligar direto para vc! ;-)

Bjs n'alma!