Acho que é o espírito natalino...

28 novembro 2008

Ando meio lunática, apesar de tentar arduamente permanecer no chão. Preciso estudar pras provas finais e não consigo me concentrar.

Estou com alguns projetos pra 2009. Mil coisas na cabeça. Idéias novas para o blog. Talvez uma mudança radical por aqui.

Estava lendo o post da Fer e, sem a intenção de ser clichê, pensei: É, lá se foi 2008, como passou rápido!

Minha mãe já encheu a casa de enfeites, de papáis-noéis. Acho até que ela exagera. Daqui a pouco encontro bola de Natal na saboneteira.

Ainda não deu tempo de parar pra refletir e traçar as metas para o Ano Novo que chega. A minha vida deu uma bela reviravolta e tanta coisa aconteceu, que no geral, posso dizer que o saldo foi positivo. Estou bem feliz e com paz no coração. E nada melhor que isso no dia de Natal. No dia 24 sempre sinto uma melancolia, uma tristeza que não deixar de ser doce. Será o tal do espírito natalino que me invade?

Mas, logo passa e acho sempre bom comemorar. Estive um pouco ausente com Deus. Isso sim. As turbulências internas que me inquietaram me distraíram de um jeito que esqueci quem é o principal apaziguador da minha alma. Mas, semana passada já acertei as contas com ele e me comprometi a estar mais presente. Afinal, encontro tempo pra tudo (e mais um pouco) e por que não me esforço pra agradecer?

E quando fiz as pazes com Ele me senti leve. Acho impossível alguém não sentir essa força maior que nos cerca. Não importa de que forma seja ou qual crença siga. Como podes não crer em nada?

Acredite então no amor. Num mundo melhor. Numa transformação.

O pensamento positivo também é capaz de mover montanhas.

7 comentários:

João da Silva disse...

Linda postagem!
Eu acredito em Deus, sim, e acredito no Amor, e acredito no poder que temos de auto-modificação.
Viagens interiores que nos levam a descobertas sobre nós mesmos importantíssimas para a vida.
Viver, viver... descobrir-se, mudar sempre e, ao mesmo tempo, não deixar de ser quem a gente efetivamente é.
Beijos, linda, muitos, de carinhos, de mimos, e com aroma de rosas, do João

Nina disse...

ei Renatinha, entao menina, já é quase dezembro né? como passa tudo tão rápido. meu Deus! e falando em Deus, opa,que coisa bacana, fazer a pazes com Papai do céu é um ótimo comeco de ano!

tudo de bom querida.

Cadinho RoCo disse...

Imagino você em meio a tantos arranjos de Natal. Hoje li sobre a Renata. Já passava da hora. Bom saber que está com paz no coração e aberta ao amor.
Cadinho RoCo

Pierrot disse...

Eu acredito....
Já agora, engraçado a diferença de expressões:
natalino - nataliçio
Abraço
Pierrot

Fernanda Pereira disse...

Ai eu acredito no amor, esse sacana. Trabalho por um mundo melhor e vou levando a vida e ela me lavando, ai mas eu nao gsto de Natal...rs

E eu acho que sim, vc adivinhou que é o do cachorro amarelo...ahahahah

beijos, Rê

PS: mudança radical por aqui? Eu acho seu blog lindo, mas se resolver mudar, coloca o lugar de postar num lugar mais fácil???ahahahahahahahaa

Beijos, Rê²

dácio jaegger disse...

Não é possivel realmente acreditar que tudo tenha vindo de um nada sem um arquiteto, um Criador. E nisto tudo Ele colocou o amor para amalgamar os entes maiores na escala das criaturas; por isso a maravilha planetária, nossa casa. beijos.

Filipe Garcia disse...

Fé, esperança e amor. Mas o maior deles é o amor!

Que a vontade de se aproximar de Deus não chegue apenas com o Natal. Que Ele seja sempre nosso amigo, durante todo o 2009!!!

Um beijo, Rê!