Eu e o Rotavírus

26 novembro 2008

Na madrugada de segunda-feira comecei a sentir algo errado. O estômago pesado, meio embolado. Levantava, ia no banheiro e nada. Voltava e dormia de barriga pra cima, porque pra baixo piorava.

Amanhecia. E eu decidi que ia tentar "chamar o Hugo" enfiando o dedo na garganta.

Eu sou a pessoa mais difícil de vomitar! Nem sei se é o caso de comentar sobre isso aqui no blog. É meio nojento. Mas, eu queria ser igual uma amiga que tenho, quando vai pra balada, bebe demais, vomita e voltar a beber. Já viu isso?!

Liguei o celular e vi uma chamada perdida às 3:00. O namorado ligou aquela hora? Pra que?! Retornei e a sogra atendeu. Estavam no hospital. Ele internado, passara mal como eu.

Não sei se foi psicológico, mas serviu de estopim. Perdi as contas de quanto fui até o vaso botar a bílis pra fora. E suava frio, cambaleando e voltava pra cama. Até que não deu mais. 'Bora pro hospital.

E tem lugar pior do que hospital?! Aqueles médicos e enfermeiros tinham que ganhar um prêmio por trabalharem lá. O ar é mais carregado, o cheiro maculado de sangue, remédios, seringas. Tive que ficar por lá e tomar soro. Um litro de levanta-defunto. A mãe estava junto. Quanta paciência, quanta preocupação!

Voltei pra casa melhor, mas ainda meio enjoada. O médico disse que era intoxicação alimentar. Eu lembrava de um danoninho que tomei na noite anterior. Mas, o mal estar não cessou. À noite voltei. Era outro médico e outro diagnóstico: Rotavírus. Olhou pro namorado, que agora estava junto, e confirmou a hipótese. Dois com aquela cara de pastel estragado: só podia ser algo contagioso, que intoxicação, que nada!

E dá-lhe uma injeção com outra misturinha mágica. Melhorei por fim. Trouxe mais remédios pra casa e uma dieta. Nada de cervejinha no final de semana. Bom, né?! Eu só tenho uma festa na sexta, churrasco no sábado à tarde e casamento no sábado à noite.

Ainda estou em recuperação. Mas, pelo menos dá pra olhar pra tela do computador sem ficar enjoada.

7 comentários:

Priscila Meds disse...

Força na peruca Rê! Acabei de sair de uma virose tbem. Mas a rota final do meu processo era contrário da sua! rs

Jamille Lobato disse...

Caraca Rê, se cuida mulher.
Quanto ao livro, indique o último, adoro suspense.

Bjokas

luzdeluma disse...

Renata, me fez lembrar de um antigo namorado ;) Sofremos um acidente e fomos os dois ensanguentados para o hospital. A família chegou e minha mãe quando nos viu, os dois enfaixados, em cadeiras de rodas e de mãos dadas, disse "Vocês não perdoam nem aqui?"

Eu sou bastante enjoada e qualquer coisa que pense nojento, eu vomito. Quando pequena tive que tomar lactose em comprimidos para diminuir as mucosas.

Não sei se o médico lhe passou dieta, mas tem que incluir banana e maçã na alimentação. Não me pergunte porque. Foi o médico daqui que indicou para uma amiga. A cidade está com surto e até vacinei. Cuide-se!! Beijus

Igor Garcia disse...

Cacete Rê, fiquei extremamente preocupado agora contigoi!! Agora sei o porque vc quase vomitou depois que leu na janelinha dos meus comentários! :-(
Me lembrou quando tive uma intoxicação alimentar por Salmonela quando tive vomitos e diarreía ao mesmo tempo!

Por favor cuide muito bem da sua saúde e mande as festinhas pro caralho! Festa sempre vai ter, ta casamento é só uma vez, mas tua saúde é que sera proporcional a quantas vc irá aguentar sem cair! XD

Melhoras, bjs n'alma!

Igor Garcia disse...

Cacete Rê, fiquei extremamente preocupado agora contigoi!! Agora sei o porque vc quase vomitou depois que leu na janelinha dos meus comentários! :-(
Me lembrou quando tive uma intoxicação alimentar por Salmonela quando tive vomitos e diarreía ao mesmo tempo!

Por favor cuide muito bem da sua saúde e mande as festinhas pro caralho! Festa sempre vai ter, ta casamento é só uma vez, mas tua saúde é que sera proporcional a quantas vc irá aguentar sem cair! XD

Melhoras, bjs n'alma!

Fernanda Pereira disse...

Eu já tive!!!

E conheço bem, muito bem os hospitais...uma meleca!

Rê, que vida mais movimentada, hein mocinha???!!! Faço coro com o Igor, pode tratar de fcar em casa, sopinha, aguinha, namoradinho (cara de pastel estragado foi ótimo) e filminho!!!

Beijinho

(com sindrome de diminutivo!_

Vanessa disse...

Tadinha. Melhoras , Renata. E olhe lá o que come por aí. Como diz o Dr. Bactéria: " Tudo o que faz mal tava super gostoso"

beijo