Voucher ou Valter?

16 setembro 2008

As aventuras da nossa viagem dignas de registro no blog tiveram início quando quase perdemos nosso vôo na quinta-feira de manhã.
Não foi nada legal chegar em São Paulo e encontrar aquela bendita marginal congestionada. E muito menos chegar no aeroporto meia hora antes do avião decolar. Imprevistos à parte... lembre-se sempre que aquela cidade nunca dorme, que às seis da manhã já tem muito trânsito e que é recomendado chegar uma hora antes do horário marcado em sua passagem ou em seu voucher.

Falando em voucher... essa palavra nos rendeu boas risadas. Voucher significa recibo em inglês e é o comprovante emitido pela agência de viagem, que menciona o serviço contratado e tudo que está incluso no pacote.
Durante o translado aeroporto-hotel, a nossa querida guia nos avisou no ônibus: "Tenham em mãos o voucher e o apresente na recepção do hotel".
Minha mãe super-eficiente, super-rápida, super-entendida chegou na recepção e chamou pelo Valter, afirmando que foi orientada pela guia a procurá-lo.
Felizmente, não existia nenhum funcionário com esse nome lá e isso nos poupou de maiores constrangimentos!

Felizmente, ela estava lá pra nos divertir, como sempre!

3 comentários:

primeds disse...

Ai Re.. com toda certeza viajar com os Medeiros Gianotto sempre é muito bom e engraçado! rs

Anônimo disse...

Querida, eu li tudo agora a noite. Confesso que comecei a rir aqui sozinha e se alguém viu deve ter pensando que enloqueci de vez(penso que não, porque a Lu está dormindo e seu pai no mundo da lua...).
Ainda bem que as suas histórias pararam por aí; porque, senão, eu ir virar piada novamente. bj. princesa. Adorei as colocações e observações.

Amauri Nóbrega disse...

Mais Chica, uma pessoa tão chique como vc ... dando uma dessa ...

Minha muié caiu aki do meu lado de tanto rir ..

Saudades de todos vcs ...

Amauri e Lu